Ouvidoria |  Fale conosco |  Mapa do site |  English |  Español  
    » Notícias

Notícias sobre Sustentabilidade
por Sustentabilidade


Este é um espaço para que os distintos grupos de relacionamento de Furnas saibam o que é feito em relação à Sustentabilidade no Brasil e no mundo, assim disseminando e estimulando boas práticas sobre o tema.
Para que essa iniciativa cresça cada vez mais, convidamos que sugiram notícias através do e-mail sustentabilidade@furnas.com.br.

Boa leitura!

 

Cientistas descobrem como reciclar plástico em combustível

Pesquisadores da Universidade da Califórnia em Irvine, nos EUA, e do Instituto de Química Orgânica de Xangai, na China, descobriram como dissolver os fortes laços de plástico de polietileno, a forma mais comum comercialmente disponível de plástico, para gerar combustível e outros produtos.

A técnica inovadora baseia-se no uso de alcanos (ou parafinas), um tipo específico de moléculas de hidrocarboneto, para romper as cadeias químicas do polímero e transformá-lo em novos compostos úteis, como combustível líquido e ceras de uso industrial.

Nessa técnica recém-descoberta, a equipe degrada plásticos de forma mais suave e mais eficiente através de um processo conhecido como metátese cruzada com alcano, e as substâncias necessárias para o novo método são subprodutos da refinação de petróleo, facilmente disponíveis.

Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/cientistas-descobrem-como-reciclar-plastico-em-combustivel

 

Drones podem revolucionar a proteção do meio ambiente

Uma nova pesquisa da Universidade Monash, no Canadá, constatou que drones são muito melhores para os estudos ecológicos e planejamento de conservação ambiental do que o método tradicional de patrulha por terra. São capazes de monitorar áreas fora do alcance dos seres humanos e têm uma visão absolutamente mais ampla do habitat dos animais ou das áreas de preservação, o que os tornam mais eficazes no envio de informações. Assim, os drones podem ser uma ferramenta importante na luta pela preservação da natureza.

Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/drones-podem-revolucionar-a-protecao-do-meio-ambiente


Microfazenda vertical quer revolucionar o supermercado

A startup InFarm desenvolveu uma pequena unidade para produção eficiente de verduras e ervas que traz o campo para dentro do supermercado e permite ao consumidor conhecer a origem do seu alimento. Em Berlim, funciona a primeira microfazenda vertical da empresa, instalada dentro de uma tradicional rede de supermercados europeia. Semelhante a uma pequena estufa, nela é possível escolher à vontade suas próprias verduras e ervas colhidas diretamente do pé.

Por suas dimensões compactas, ela cabe facilmente em qualquer ponto de venda, estreitando a distância entre o campo e a cidade. Ao dispensar transportes de longa distância, ela também garante um menor impacto ambiental da produção.

Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/esta-microfazenda-vertical-quer-revolucionar-o-supermercado

Empresas brasileiras agora contam com uma "pegada de peso"
A partir de abril, as indústrias brasileiras contam com uma nova certificação para comunicar seus esforços em termos de sustentabilidade, emitida pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O certificado mede a pegada de carbono e de água das indústrias, ou seja, quanto dióxido de carbono (CO2) e outros gases de efeito estufa (GEE) associados foram lançados na atmosfera para produzir um determinado produto ou matéria-prima, e o volume de água usado no processo.
Ao mensurar esses pontos, será possível registrar a "pegada de carbono" e de água deixada ao longo da produção de itens como aço, alumínio, cimento e vidro e, a partir daí, identificar oportunidades para otimizar os processos e reduzir impactos.

Fonte : http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/empresas-brasileiras-agora-contam-com-uma-pegada-de-peso 

Estudante desenvolve garrafa de alga comestível

Estima-se que pelo menos metade de embalagens plásticas são usadas apenas uma vez e logo descartadas, a maior parte indo parar nos lixões, onde demoram uma eternidade para se decompor. Atento ao problema, o estudante de design islandês Ari Jónsson desenvolveu uma garrafa biodegradável a base de alga, chamada “Ágar”.

O ágar é misturado com água, aquecido e moldado em formato de garrafa, em seguida sendo resfriado e pronto para uso. Depois de um tempo, a garrafa se decompõe naturalmente, sem gerar poluição. Quem preferir pode mastigá-la, pois praticamente não tem sabor. Na culinária, o Agar é muito utilizado por vegetarianos como um substituto para gelatina convencional.

Fonte: Fonte: http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/noticias/voce-pode-comer-esta-garrafa-de-agua-ela-e-de-alga

 

Estudantes criam vaso de planta que recarrega celular

Três estudantes de engenharia da Universidade Autônoma de Barcelona e da Ramón Llull desenvolveram a Bioo Lite, um vaso de planta capaz de recarregar o celular.
O projeto inusitado baseia-se numa bateria biológica contendo microorganismos capazes de quebrar os elementos biológicos “residuais” (metabólitos) gerados pela fotossíntese da planta e transformá-los em energia. Instalada no fundo do vaso, a bateria é ativada quando entra em contato com a água e a solução orgânica residual. A energia gerada é armazenada em um circuito eletrônico.

Para conectar o aparelho, basta utilizar a entrada USB camuflada em forma de pedra dentro do vaso. Segundo seus criadores, o vaso pode proporcionar de duas a três cargas completas todos os dias, durante cinco anos.

Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/estudantes-criam-vaso-de-planta-que-recarrega-celular-veja


Mais de 80% em centros urbanos vivem com ar poluído, diz OMS

Segundo especialistas, a poluição do ar representa o maior risco ambiental à saúde. Ela é responsável por mais de 3 milhões de mortes prematuras no mundo todos os anos. 98% das cidades dos países de baixa e média renda, com mais de 100 mil habitantes, apresentam índices de qualidade do ar piores do que o estipulado pela OMS. No caso dos países ricos, a taxa das cidades que registram ar poluído caiu para 56%.
 
Segundo Carlos Dora, epidemiologista da organização, "é crucial que os governos e cidades façam da qualidade do ar em regiões urbanas uma prioridade de saúde e desenvolvimento". Dora afirmou que "quando a qualidade do ar melhora, diminuem os gastos de saúde relativos a doenças como alergias e infecções pulmonares, aumenta a produtividade dos trabalhadores e também a expectativa de vida da população".

Fonte: http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/2016/05/oms-mais-de-80-da-populacao-urbana-vive-em-areas-de-ar-poluido/#.V2wZp_krKM-

 

Cientistas descobrem método promissor para armazenar CO2

Pela primeira vez, cientistas conseguiram injetar com sucesso dióxido de carbono (CO2) no solo de basalto vulcânico e solidificá-lo, oferecendo uma solução promissora para o armazenamento deste gás de efeito estufa vinculado ao aquecimento global, segundo um estudo publicado na revista americana Science.

Os cientistas conseguiram bombear emissões de carbono para dentro da terra e transformar o gás em sólido para armazenamento em alguns meses - radicalmente mais rápido do que as previsões anteriores, que sugeriram que o processo poderia demorar centenas ou inclusive milhares de anos para ser concluído.

Fonte: http://www.ecodesenvolvimento.org/posts/2016/posts/junho/cientistas-descobrem-metodo-promissor-para?tag=ciencia-e-tecnologia 

 

85% dos brasileiros não têm acesso à coleta seletiva, mostra estudo

Um estudo encomendado pelo Cempre, o Compromisso Empresarial para a Reciclagem, mostra que quase 170 milhões de brasileiros não são atendidos por coleta seletiva em suas cidades. Segundo a pesquisa, 1.055 municípios têm programas de coleta seletiva. Como o Brasil tem mais de 5 mil cidades, esse número representa apenas 18% dos municípios. Quando analisamos a quantidade de cidadãos atendidos ou com acesso a algum programa de reciclagem, a porcentagem cai. Só 15% da população total do país – podem contar com o “luxo” de separar o lixo. Ou seja, 85% dos brasileiros não têm como destinar resíduos para a reciclagem.

Segundo Vitor Bicca, presidente do Cempre, há também dados positivos no estudo. O levantamento é feito desde 1994, e a comparação ano a ano mostra que a reciclagem está avançando, apesar de a passos lentos. A partir de 2010, houve um salto importante em quantidade de municípios que reciclam: um aumento de mais de 100%. Isso ocorreu por conta da aprovação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

Para Vitor, o que falta agora é um maior engajamento das prefeituras. “O entrave é político, e as prefeituras precisam se engajar mais. Quando a política foi aprovada, o governo federal criou linhas de financiamento para o município fazer o plano de gestão, que é a primeira etapa antes de fechar os lixões ou implantar a coleta seletiva. Mas houve um baixo engajamento dos municípios”, diz.

Fonte : http://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/blog-do-planeta/noticia/2016/06/85-dos-brasileiros-nao-tem-acesso-coleta-seletiva-mostra-estudo.html

 





Publicado em: 01/05/2016


Explore o site Mostrar Ocultar  
A Empresa
» Quem somos
» Sistema Furnas
» Diretoria executiva
» Conselhos de administração e fiscal
» Estatuto social
» Estrutura organizacional
» Código de Ética e de Conduta
» Identidade visual
» Vídeo institucional
» Novos projetos
» Escritórios e contatos

Sustentabilidade
» Sustentabilidade para Furnas
» Política de Sustentabilidade
» Adesões e compromissos
» Furnas e a ISO 26000
» Premiações
» Relatório de Sustentabilidade
» Setor Elétrico - Principais Áreas de Negócios
» Links
» Notícias
» Contato

Meio ambiente
» Políticas
» Unidades de conservação
» Ações ambientais
» Guias de fauna

Sociedade
» Responsabilidade social
» Atuação Social
» Desenvolvimento Territorial
» Voluntários
» Programa social
» Pacto global
» Cultura
» Patrocínio de eventos
» Patrocínio Esportivo
» Comitê Pró-Equidade de Gênero
» Programas Especiais
» Espaço Furnas Cidadania
Publicações
» Relatório da administração
» Orientações sobre Linhas de Transmissão
» Relatório de sustentabilidade
» Contas públicas
» Governança TI
» Processos de contas anuais
» Demonstrações contábeis
» Informativo gerencial de mercado e economia
» Execução contratual de publicidade
» Sistema Eletrobras
» Revista Ouro da Casa
» Revista Conexão FURNAS


Recursos humanos
» Trabalhe conosco
» Convênio de saúde

Comercialização de serviços
» Área de atuação
» Atividades principais
» Inovação e suporte tecnológico
» Cursos

» P&D+I
» Fornecedores
» Acesso restrito
» Sites relacionados
» Ouvidoria
» Fale conosco
» Mapa do site
» English
» Español
» Transparência

Furnas - Empresa Eletrobras
Escritório Central: Rua Real Grandeza, 219 - Botafogo - Rio de Janeiro, RJ - CEP 22281-900 - Tel.: 21 2528-3112
Todos os direitos reservados a Furnas © 2013