Voluntários de FURNAS inauguram trilha ecológica para deficientes

Trilha Sensorial está localizada no Parque Estadual da Pedra Branca (RJ)

Publicado em:
Visitante lê informações em braile sobre a natureza do Parque da Pedra Branca / Crédito:Daniela Monteiro


Foi realizada na última nesta sexta-feira (29) a inauguração da Trilha Sensorial do Parque Estadual da Pedra Branca, na zona Oeste do Rio de Janeiro. Criada por colaboradores que participam do Programa Furnas de Voluntariado, a trilha ecológica é destinada a deficientes visuais. A ideia é permitir que eles interajam com a natureza por meio do tato, audição e olfato, conhecendo espécies típicas da vegetação e fauna da Mata Atlântica presentes na unidade de conversação.

A presidente da União dos Cegos no Brasil, Rosa Cordovil, contou que ficou empolgada com a iniciativa de inclusão promovida pelos voluntários de FURNAS. "O deficiente visual enfrenta muitas barreiras no dia a dia. Saber que agora eles têm um lugar para se conectar mais com a natureza é ótimo."

A Trilha Sensorial é demarcada com estacas de madeira, por onde passam cordas que orientam os visitantes durante o trajeto. Os participantes também têm à disposição placas em braile e áudios com informações sobre os animais e plantas que vivem no parque.

O biólogo e voluntário de FURNAS Geraldo Espínola Soriano destacou que sua atuação como voluntária tem como objetivo melhorar a qualidade de vida das pessoas. "Eu gosto de ajudar as pessoas e de trazer inovações para elas. Como biólogo, estou conseguindo apresentar o meio ambiente aos deficientes", afirmou.

A cerimônia de inauguração da Trilha Sensorial contou com a apresentação do coral Sidney Marzullo, da Fundação Cesgranrio, integrado exclusivamente por deficientes visuais. A iniciativa é uma parceria entre FURNAS e o Parque da Pedra Branca.
 



 


Fotos: Daniela Monteiro

Por: Isabelle Neves