Projeto Nascentes Dia Mundial da Água

Projeto de FURNAS reforça a importância da preservação das nascentes

Companhia atua para revitalizar matas ciliares em torno de aproximadamente 400 nascentes próximas ao reservatório da Usina de Furnas


Na data em que o mundo comemora o Dia Mundial da Água, 22 de março, FURNAS chama a atenção para a importância da preservação dos recursos hídricos e celebra a expansão do Projeto Nascentes. Criado em 2018 em parceria com a Associação dos Municípios do Lago de Furnas (Alago), a iniciativa tem o objetivo de revitalizar matas ciliares em torno de aproximadamente 400 nascentes que contribuem para a formação do reservatório da Usina de Furnas (MG).

Desde a sua criação, o Projeto já recuperou 150 nascentes, em um área de 20,4 hectares, e foi implantado em 15 municípios - Campo Belo, Cristais, Guapé, Éloi Mendes, Paraguaçu, Fama, Carmo do Rio Claro, Capitólio, Ilicínea, Aguanil, Campos Gerais, Coqueiral, Nepomuceno, Poço Fundo e Perdões. Até o fim do primeiro semestre de 2019 abrangerá mais oito localidades: Camacho, Candeias, Formiga, Machado, Muzambinho, Divisa Nova, Juruaia e Varginha.

“Por meio de parcerias com o poder público e proprietários rurais de 39 municípios promovemos ações voltadas para as melhorias da disponibilidade de água e da qualidade de vida da população”, destaca Pedro Macêdo Jr., gerente de implantação de empreendimentos de geração de FURNAS.

A empresa fornece as mudas e materiais para cercamento da área reflorestada. O plantio das mudas fica por conta de FURNAS e das prefeituras, e a manutenção é de responsabilidade de cada proprietário, sob a orientação de FURNAS. Cabe também às prefeituras identificar as áreas das nascentes, cadastrar os produtores rurais interessados em participar do programa e monitorar as áreas plantadas.

No total, serão reflorestados 50,4 hectares – área correspondente a cerca de 50 campos de futebol. A previsão é concluir as ações do Projeto Nascentes até dezembro deste ano.


Dia Mundial da Água

Ainda como parte das ações para lembrar a importância do Dia, FURNAS promoverá na sede da empresa, no Rio de Janeiro, palestras ministradas por técnicos da Superintendência de Gestão Ambiental e Fundiária da empresa e representantes da Universidade Federal Fluminense. Entre os temas abordados estão o quadro atual do saneamento no Brasil, comitê de bacias, diques ambientais da Usina Hidrelétrica de Simplício e nascentes.

O Dia Mundial da Água foi criado em 21 de fevereiro de 1993 pela Organização das Nações Unidas, como data oficial para comemoração e realização de atividades de reflexão sobre a importância da água para a vida na Terra.


Responsabilidade ambiental

Atuando na geração e transmissão de energia elétrica, FURNAS realiza suas atividades em ecossistemas terrestres e aquáticos, localizados principalmente na mata atlântica e no cerrado. Ao implementar empreendimentos em áreas ecologicamente relevantes, a Empresa atende aos requisitos legais definidos pelos órgãos ambientais, com foco na prevenção da poluição, na minimização dos impactos ao meio ambiente e dos riscos à saúde pública.

A gestão ambiental é considerada no planejamento dos novos projetos e no dia a dia das unidades em operação. São realizados diversos planos e programas tais como: Monitoramento Limnológico e da Qualidade da Água, Monitoramento da Ictiofauna, Educação Ambiental, Gerenciamento de Resíduos Sólidos, Monitoramento de Efluentes e Atendimento à Emergências.