Mudanças climáticas


FURNAS realiza uma série de ações sobre o tema “Mudanças climáticas” alinhadas com as melhores práticas de mercado, incluindo a Política Ambiental das Empresas Eletrobras e a Declaração de Compromisso da Eletrobras sobre Mudanças Climáticas, além dos aspectos legais e normativos.

A Empresa é membro fundador do Programa Brasileiro GHG Protocol (PBGHG) , criado em 2008. O GHG Protocol foi desenvolvido pelo World ResourcesInstitute (WRI) para que as empresas efetuem a medição e a gestão das emissões de gases de efeito estufa (GEE), por meio de metodologia consagrada internacionalmente. Em 2021, a companhia recebeu o Selo Ouro pelo nono ano consecutivo, o mais alto nível de qualificaçãodo PBGHG, conferido a inventários completos e verificados por terceira parte acreditada pelo INMETRO.

De 2013 a 2018, FURNAS participou do Sistema de Comércio de Emissões da Plataforma Empresas Pelo Clima (EPC), iniciativa do Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV (FGVces).

Em 2016, aderiu à Iniciativa Empresarial em Clima (IEC) apoiando o posicionamento sobre mecanismos de precificação de carbono no Brasil, bem como desenvolvendo posteriormente estudo sobre o tema.

Em 2018, foi desenvolvido o Projeto Piloto - Estudo de Pegada de Carbono da LT 230kv Xavantes/Pirineus.

Em 2019, com o apoio do FGVces, elaborou o seu primeiro estudo visando desenvolver medidasde adaptação de suas usinas às mudanças climáticas, realizando um diagnóstico da vulnerabilidade da Usina Hidrelétrica de Furnas.

Em 2020, elaborou seu primeiro estudo sobre precificação interna de carbono.

A Empresa também  integraa Câmara Temática de Energia e Mudança Climática do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e da Plataforma de Ação pelo Clima do Pacto Global, que promovem discussões e oportunidades de inovação sobre o tema.

FURNAS estabelece sistematicamente metas de redução de emissões de GEE no seu Plano de Negócios e Gestão - PNG, alinhado com as orientações estratégicas do Plano Diretor de Negócios e Gestão da Eletrobras - PDNG, atendendo a Agenda 2030/Objetivo do Desenvolvimento Sustentável ODS 13 - Ação Contra a Mudança Global do Clima.Neste sentido, a Empresa implementa periodicamente ações como a substituição do consumo de combustíveis fósseis por renováveis na frota veicular, substituição de lâmpadas convencionais por lâmpadas LED e, mais recentemente, também utilizou o auto abatimento de parte das suas emissões de escopo 2 do seu Inventário Corporativo de GEE com a utilização de Certificados de Energia Renovável (REC).