Perguntas frequentes


1. O que significa a sigla “REC”?

A sigla REC é a abreviação de “Renewable Energy Certificate”  e em Português significa Certificado de Energia Renovável.


2. Por que um consumidor deve adquirir Certificados de Energia Renováveis?

Depois de produzida, a energia é injetada no Sistema Interligado Nacional – SIN e levada pelas redes de transmissão e distribuidores, até o consumidor final. Sendo assim, toda a energia recebida pelo usuário pode ser originada de fontes renováveis ou não. Ao adquirir os Certificados de Energia Renováveis (RECs) equivalentes ao montante de energia consumida, o consumidor comprova sua origem renovável. Os Certificados auxiliam no cumprimento das metas de sustentabilidade, estimulam o investimento dos geradores e podem ser utilizados para abatimento das emissões de gases de efeito estufa (escopo 2 – emissões indiretas pelo consumo de energia) no Programa Brasileiro GHG Protocol.


3. Quais são as fontes de energia renováveis de Furnas habilitadas à emissão de Certificados de Energia Renováveis?

Furnas obteve a certificação junto ao Instituto TOTUM de 2 (duas) usinas hidrelétricas e de seu complexo eólico FORTIM. 

A UHE Itumbiara possui capacidade de geração de 2082 MW, a UHE Serra da Mesa 1275 MW e as usinas do complexo eólico de Fortim possuem 123 MW de capacidade.

Saiba mais sobre os empreendimentos


4. O que é o I-REC?

O I-REC Service é um sistema global de rastreamento de atributos ambientais de energia projetado para facilitar a contabilidade confiável de carbono, para Escopo 2, compatível com vários padrões internacionais de contabilidade de carbono. I-REC permite a todos os usuários de eletricidade fazer uma escolha consciente e baseada em evidências para a energia renovável, em qualquer país do mundo. Cada I-Rec equivale a 1 MWh de energia renovável gerada.


5. Quais os atributos deve ter o gerador de energia para gerar certificados dentro da plataforma I-Rec?

  • O empreendimento deve estar em em operação comercial e legalmente instalado;
  • Estar conectado ao SIN;
  • Gerar Energia de fontes renováveis (hídrica, eólica, solar, dentre outras);
  • Registro junto ao Instituto Totum, única entidade que representa o I-Rec Standard no Brasil; e
  • Não haver dupla contagem dos atributos ambientais da energia.


6. FURNAS está habilitada a gerar e transferir seus certificados (RECs) aos interessados?

Os empreendimentos certificados (UHE Itumbiara, UHE Serra da Mesa e usinas do complexo Fortim) foram auditados e aprovados pelo Instituto TOTUM, única entidade certificadora no Brasil pelo I-REC Standard, e, portanto, já estão habilitados a gerar RECs.
Além disso, FURNAS também se habilitou como Participante, podendo transferir seus próprios RECs  ou transacionar RECs de outros geradores por meio da plataforma.


7. O Certificado I-Rec é válido somente no Brasil?

Não, ele é aceito diversos países. No website The International Rec Standard é possível visualizar sua aceitação global.


8. Como faço para adquirir RECs?

Basta enviar um e-mail para cer@furnas.com.br e entraremos em contato.