Usina de Itumbiara - 2.082 MW


Usina de Itumbiara - 2.082 MWCom seis unidades em operação, totalizando uma capacidade instalada de 2.082 MW e localizada no rio Paranaíba, entre os municípios de Itumbiara (GO) e Araporã (MG), Itumbiara se constitui na maior usina do Sistema FURNAS. Em operação desde 81, esta obra foi marcada por uma sucessão de conquistas tecnológicas.

Sua construção teve início em novembro de 74 e, em abril de 80, entrou em operação comercial sua primeira unidade geradora. Apesar de condições atmosféricas adversas e do pioneirismo das unidades geradoras, consideradas as maiores do mundo em construção no início da década de 80, a Usina de Itumbiara foi projetada e construída rigorosamente dentro dos prazos estabelecidos nos cronogramas originais. A contribuição de firmas brasileiras no empreendimento foi de 97%, atingindo índices inéditos de nacionalização neste tipo de obra. No que diz respeito ao fornecimento de equipamentos principais, este índice chegou a 90%.

Em 97, pioneiramente em FURNAS, a Usina de Itumbiara passou a controlar, remotamente de sua sala de controle, a Usina de Corumbá, possibilitando que a mesma fosse desassistida. Um sistema de última geração em eletrônica digital e de fibras óticas “OPGW” interliga as duas usinas.


Dados técnicosUsina de Itumbiara - 2.082 MW


Barragem

  • Tipo: gravidade
  • Altura máxima: 106 m
  • Volume de concreto: 1,8 milhões m³
  • Volume de argila: 31,5 milhões m³


Reservatório

  • Nível normal de operação: 520 m
  • Nível de máxima cheia (nível máximo maximorum): 521,20 m
  • Nível de desapropriação: 522,2 m
  • Nível mínimo de operação: 495 m
  • Área inundada: 778 km²
  • Volume total: 17 bilhões m³
  • Volume útil: 12.454 km³


Tomada d'Água 

  • Comportas tipo vagão
  • Quantidade: 6
  • Largura: 8,83 m
  • Altura: 12,31 m
  • Fabricantes: Krupp (Brasil) - Krupp (Alemanha)


Vertedouro

  • Descarga Máxima: 16.000 m³/s
  • Compostas tipo setor
  • Quantidade: 6
  • Largura: 15 m
  • Altura: 9 m
  • Fabricantes: Badoni-ATB (Brasil) e ATB (Itália)


Casa de força 

  • Tipo: abrigada
  • Dimensão: 223 m x 25 m
  • Unidades geradoras: 6
  • Potência nominal por unidade: 347 MW


Turbinas

  • Tipo: Francis de eixo vertical
  • Diâmetro do rotor: 7,06 m
  • Fabricantes: J. M. Voith (Alemanha), Bardella, BSI e Voith (Brasil)


Geradores

  • Frequência: 60 Hz
  • Tensão nos terminais: 13,8 kV
  • Fabricantes: Gebsa (Brasil) e CGE (Canadá)
  • Transformadores: 19 (operação mais reserva)
  • Capacidade total em operação: 2.399,94 MVA
  • Relação de transformação: 13,8 / 525 kV
  • Fabricante: Tusa (Brasil)