Perguntas e respostas


1. O que é o volume útil de um reservatório?

R: O volume útil é a diferença entre o volume máximo e o volume morto. Representa a parcela de água do reservatório que pode efetivamente ser usada para geração de energia.


2. Qual é o volume útil normal de um reservatório? E o ideal?

R: Cada reservatório tem suas peculiaridades. Não existe um volume normal ou ideal para todos.


3. O que ocorre quando um reservatório atinge o volume morto?

R: O nível da água fica abaixo da captação de água para as turbinas, impossibilitando a geração de energia.


4. O que pode ser feito para evitar que um reservatório atinja seu volume morto?

R: Para evitar que um reservatório atinja seu volume morto, o ONS aciona usinas em melhores condições hídricas ou de geração térmica, reduzindo a geração hidrelétrica para preservar o reservatório da usina.


5. O que é o ONS e para que serve?

R: O Operador Nacional do Sistema Elétrico, ou ONS, é o órgão responsável pela coordenação e controle da operação das instalações de geração e transmissão de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN). Seu objetivo é promover a otimização da operação visando o menor custo, e observando os padrões técnicos e critérios de confiabilidade estabelecidos nos Procedimentos de Rede aprovados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), além de garantir que todos os agentes do setor elétrico tenham acesso à rede de transmissão de forma não discriminatória e contribuir para que a expansão do SIN se faça ao menor custo e melhores condições operacionais futuras.


6. Que fatores influenciam na diminuição do nível de um reservatório?

R: O reservatório de uma usina hidrelétrica atende a vários outros usos, como irrigação, abastecimento, pesca, lazer e turismo. A falta de chuva e a construção de diques irregulares são os principais motivos para a redução do nível dos reservatórios das hidrelétricas.


7. É verdade que uma hidrelétrica abastece os reservatórios de outras usinas rio abaixo?

R: No caso de hidrelétricas implantadas na cabeceira de um rio, como a Usina de Furnas, no rio Grande (MG), a água que passa por suas turbinas gerando energia contribui para a geração de energia em outras hidrelétricas instaladas rio abaixo.


8. A produção de energia das usinas hidrelétricas atende às cidades próximas?

R: A maior parte da energia produzida nas unidades geradoras brasileiras é enviada ao SIN, sendo disponibilizada a diferentes regiões do país. O ONS coordena a alocação dessa energia conforme a demanda dos consumidores, controlando a operação em tempo real.


9. O que é o vertedouro e qual a sua finalidade?

R: O vertedouro é uma estrutura utilizada para auxiliar no controle do nível de um reservatório. Ele atua de forma análoga ao “ladrão” da caixa d´água. Quando o nível do reservatório está muito alto, o vertedouro é aberto para escoar parte da água armazenada e preservar a barragem. A água que passa pelo vertedouro não gera energia. Ela é devolvida ao leito do rio sem passar pelas turbinas.


10. Os municípios banhados pelo reservatório de uma usina hidrelétrica ganham alguma compensação por terem áreas inundadas?

R: Sim. Todos os municípios às margens dos reservatórios recebem a Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH). O valor do tributo é equivalente a 7% de toda a energia produzida mensalmente pelas usinas hidrelétricas, valorada pela Tarifa Atualizada de Referência (TAR) - determinada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). A quantia é repartida entre estados e municípios localizados na área de influência dos reservatórios das hidrelétricas e órgãos da administração direta da União. A Aneel gerencia a arrecadação e a distribuição dos recursos, conforme regulamentação vigente. O rateio dos recursos da Compensação Financeira entre os municípios obedece a dois critérios: o repasse por ganho de energia por regularização de vazão e o de área inundada por reservatórios de usinas hidrelétricas. (Fonte: Site ANEEL)


11. Como um reservatório pode ajudar a fazer o controle de vazão de um rio, evitando cheias e alagamentos?

R: A barragem da usina retém a água do rio, controlando a vazão defluente, ou seja, a água que sai do reservatório. Assim é, possível armazenar a água que chega ao reservatório e controlar a água que sai.


12. É possível “fechar a torneira” da barragem para preservar a água do reservatório?

R: Não, porque a água que sai do reservatório abastece as cidades que ficam à jusante (rio abaixo) da barragem. A Agência Nacional de Águas (ANA) define uma vazão mínima para atendimento das populações que vivem nas proximidades dos reservatórios hidrelétricos e a manutenção de condições sanitárias e ambientais.