Usina de Furnas - 1.216 MW

Usina de FURNAS - 1.216 MW

A Usina Hidrelétrica de Furnas foi a primeira usina construída pela Empresa, da qual herdou o nome. A barragem está localizada no curso médio do rio Grande, no trecho denominado "Corredeiras das Furnas", entre os municípios de São José da Barra e São João Batista do Glória, em Minas Gerais.

Sua construção começou em julho de 1958, tendo a primeira unidade entrado em operação em setembro de 1963 e a sexta, em julho de 1965. No início da década de 70, foi iniciada sua ampliação para a instalação das sétima e oitava unidades, totalizando 1.216 MW, o que colocou a obra entre uma das maiores da América Latina. A localização privilegiada da usina (500 km do Rio de Janeiro, 400 km de São Paulo e 300 km de Belo Horizonte) permitiu que se evitasse, em meados da década de 60, um grande colapso energético no Brasil, evitando o racionamento e o corte no fornecimento de energia elétrica ao parque industrial brasileiro. A potência prevista no início de sua construção correspondia a 1/3 do total instalado no Brasil. A Usina de Furnas, além de se constituir em um marco de instalação de grandes hidrelétricas no Brasil, possibilitou a regularização do rio Grande e a construção de mais oito usinas, aproveitando, integralmente, um potencial de mais de 6.000 MW instalados.


Na área da usina, encontram-se, ainda, importantes áreas de serviço: 


Estação de Hidrobiologia e Piscicultura
Trabalha na criação de peixes para o repovoamento planejado de reservatórios e na conservação da qualidade das águas represadas, servindo a todas as usinas do Sistema FURNAS.

Centro Técnico de Ensaios e Medições
Presta assistência técnica às atividades de manutenção e operação do sistema elétrico de FURNAS. Esse Centro é reconhecido nacionalmente por sua especialização nas áreas de instrumentação, medição e de ensaios elétrico-eletrônicos, eletromecânicos e físico-químicos. É credenciado pelo Inmetro e faz parte da Rede Brasileira de Calibração (RBC).

Centro de Treinamento de Furnas
É responsável pela formação e aperfeiçoamento da mão-de-obra especializada nas áreas de eletroeletrônica, operação e controle de sistemas elétricos de potência, prestando consultoria e serviços às empresas do setor elétrico no Brasil e no exterior.

Centro de Treinamento de Controle de Emergência
Considerado de excelência, este moderno centro ocupa uma área de 30 mil m², às margens do rio Grande, na Usina de Furnas. Realiza treinamentos de combate a incêndio e pânico e está capacitado para apoiar órgãos governamentais como o Corpo de Bombeiros, Batalhões Florestais e empresas do setor elétrico. Este Centro ministra os seguintes treinamentos:

  • Treinamento teórico e prático de vestimentas especiais e máscaras autônomas de ar (16 horas)
  • Noções básicas de combate a incêndio e utilização de extintores (8 horas)
  • Formação de Brigadas de Incêndio (40 horas).


Dados técnicos


Barragem

  • Tipo: enrocamento com núcleo de argila
  • Altura máxima: 127 m
  • Desenvolvimento no coroamento: 554 m
  • Largura no coroamento: 15 m
  • Elevação no coroamento: 772 m
  • Volume total: 9.450.000 m³


Reservatório

  • Extensão máxima: 220 km
  • Nível normal de operação: 768 m
  • Nível de máxima cheia (Nível máximo maximorum): 769,30 m
  • Nível de desapropriação: 769 m
  • Nível mínimo de operação: 750 m
  • Área inundada: 1.440 km²
  • Volume total: 22,95 bilhões m³
  • Volume útil: 17,217 bilhões m³


Tomada d'água 

  • Comportas tipo vagão
  • Quantidade: 8
  • Altura d'água sobre a soleira: 33,5 m
  • Largura: 4,7 m
  • Altura: 9,7 m
  • Fabricantes: Rheinstahl/M.A.N. (R.F. da Alemanha)


Vertedouro 

  • Descarga Máxima: 13 mil m³/s
  • Comportas tipo segmento
  • Quantidade: 7
  • Largura: 11,5 m
  • Altura: 15,8 m
  • Raio: 14,1 m
  • Fabricante: HIH (Japão)


Casa de força 

  • Tipo: coberta
  • Dimensão: 186 m x 28 m


Unidades geradoras

  • Quantidade: 8
  • Rotação: 150 RPM
  • Potência nominal: 152 MW


Turbinas

  • Tipo: Francis de eixo vertical
  • Diâmetro do rotor: 4,485 m
  • Fabricantes: 1 a 6 (Nohab/Suécia) / 7 e 8 (Nohab/Suécia e Bardella/Brasil)


Geradores

  • Frequência: 60 Hz
  • Tensão nos terminais: 15 Kv
  • Fabricantes: 1 a 6 (Siemens/R.F.Alemanha) / 7 a 8 (CGE/Canadá e MEP/Brasil)


Transformadores

  • Quantidade: 26 (operação mais reserva)
  • Tipo: monofásico
  • Capacidade total em operação: 1.279,92 MVA
  • Relação de transformação: 15/345 kV
  • Fabricantes: GE (USA) / Jeumont Schneider (França)